terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

 Ela acreditava em tudo, via verdade em qualquer palavra dita e sorria para as pessoas. Ela era meiga, gentil, educada, amigável e simpática. Ela era fácil de lidar e adorava o mundo ao seu redor. Mas parece que o mundo não gosta de pessoas assim. O mundo mudou a garota. Aliás, as pessoas se encarregaram de fazer isso. Então a pobre garota passou a ser alguém distante, fria, que não sorri pra todo mundo e desconfia de tudo, até da felicidade. Ela agora é dura consigo mesma e prefere não demonstrar sentimentos. Tornou-se irreconhecível. E não a culpe por isso, ela apenas acordou para a realidade, ou melhor, o mundo abriu os olhos dela. Por fim, ela tornou-se alguém mais forte. (ivalentim)
Ela acreditava em tudo, via verdade em qualquer palavra dita e sorria para as pessoas. Ela era meiga, gentil, educada, amigável e simpática. Ela era fácil de lidar e adorava o mundo ao seu redor. Mas parece que o mundo não gosta de pessoas assim. O mundo mudou a garota. Aliás, as pessoas se encarregaram de fazer isso. Então a pobre garota passou a ser alguém distante, fria, que não sorri pra todo mundo e desconfia de tudo, até da felicidade. Ela agora é dura consigo mesma e prefere não demonstrar sentimentos. Tornou-se irreconhecível. E não a culpe por isso, ela apenas acordou para a realidade, ou melhor, o mundo abriu os olhos dela. Por fim, ela tornou-se alguém mais forte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário