quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Então eu fecho os olhos

e imagino você me abraçando. E de repente eu posso te sentir, como se você também estivesse imaginando isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário